.

.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A Dor e o Cansaço...

Nossa condição primordial nos impele à Vida, inexoravelmente... O percurso é, às vezes, íngreme, tortuoso, desértico e escarpado. Mas, caminhar é um direito axial e, caminhando, vislumbramos paisagens insuspeitas, de tão belas, logo ali, após um sinuoso trecho... A dor e o cansaço são nossos irmãos vindo de encontro a nós... Abracemo-los fraternalmente e os permitamos seguir a estrada! E ela é a mesma que a nossa, mas cada passo deve ser dado no ritmo próprio... Conversemos com a dor e ouçamos o cansaço. Eles sempre nos trás uma linda lição! Mas, permitamos sua ida e não nos deixemos envolver com seus passos lúgubres... São assim para que possamos dar breves paradas e, contemplativamente, possamos meditar sobre o nosso Caminhar! Namastê!

- Jorge Pi

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Riso...

...O riso de uma criança é incomensuravelmente insondável... Lá se encontra o nascedouro da Verdadeira Felicidade que, como uma estrela, vem até nós num cintilante raio de luz e nos acerta em cheio o coração!

- Jorge Pi

Sentido

O sentido é sentido em posição de sentido! Sentido, o sentido faz sentido... Não sentido, não... Sentido pressupõe um sentido qualquer, desde que, deveras, faça sentido... Assim, todo o sentido do mundo está em fazer sentido se o sentido sentido não for um falso sentido... Mas, como sabê-lo se o sentido é um sentido sentido, a despeito de sempre se projetar à possibilidade do eterno vir a ser sentido?! Aliás, tendo sentido, algo ou alguém pode vir a ser sentido como algo ou alguém que merece ser sentido por ter sentido o sentido que lhe é peculiar... Ou, não?!

- Jorge Pi

Fala, canto!

Que maravilhoso instrumento é o nosso corpo! Que magnífico som, o nosso timbre! Fala, canto, de nossas venturas e desventuras e nos acalanta a alma prenhe de Luz, de Vida e de Amor!

- Jorge Pi

-2:49
40.716 visualizações
medici.tv adicionou um novo vídeo: The Glory of Russia – Sound and Sights of Saint Petersburg.
#New VOD in medici.tv catalogue:
Two wonderful singers perform opera most beautiful arias in the Palaces of the Czars: Renée Fleming and Dmitri Hvorostovsky!
http://bit.ly/2gh3wCW
Curtir
Comentar

Então...

A imagem pode conter: texto                                                                                                      
Professor de Matemática


Sim, se o quadrado da velocidade da luz for uma hipotenusa de um Triângulo Retângulo Cósmico, donde os catetes comporiam a soma do quadrado da indefinida finitude do Universo e do quadrado da incomensurável infinitude da Inteligência Universal!!!

- Jorge Pi


Inocência...

Referindo-se esta preciosidade, Luiz Façanha Jr., faceamigo de Wellington Mendes, assim disse: "A inocência em música!" Então, a inocência não é tanto inocência quanto capricho e refinamento de algo que não se busca por já se ser: INOCÊNCIA!

- Jorge Pi




-1:51
2.132 visualizações
Rafael Muricy
Estudo op.25 n° 1 - Chopin

sábado, 3 de dezembro de 2016

Quantos éons?!...

Oh, finitude que me preenche a vida à margem da pele!... Oh, improvável sossego que me espreita, apesar das angústias que me circundam!... Oh, infinda penúria de não ser mais que eu mesmo em uma iconoclasta batalha de me idolatrar em re-verso!... Oh, imponderável perplexidade que me fascina a completude fugaz de não-redenção que se espalha em meu jeito de ser obstinada resignação passageira!... Quantos éons de brilhos cativos meus olhos terão que beber das estrelas??!...

- Jorge Pi

Uma Onda...

Uma onda quadrada numa piscina redonda...

- Jorge Pi

Aulas de Matemática compartilhou a foto de Professor de Matemática.
11 h

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Penso eu!

Pensando... Pensando... Penso eu! Mas... Que é pensar?!... Será que é ficar sus-penso em uma tensão axial, numa superfície aquosa, na qual tudo são ondas circuncêntricas a se propagarem em perspectiva, no adivinhar do ser nada mais do que uma ideia?!... Ou quem sabe a exasperada noção de um nó em ação de ser desatado por raciocínios diversos e luxuosamente desconexos, a tripudiar a lógica, desavergonhadamente... Pois a vida é assim: de repente, um riso!

- Jorge Pi

O Guarda

O guarda guarda o guarda-roupas guardando as chaves guardadas de serem guardadas no guarda-roupas que o guarda guarda...
Guarde bem guardado, seu guarda, o guarda-roupas, aguardando o aguardar se resguardar do aguardar de guardas que não toleram guardas que guardam guarda-roupas por sucumbirem a aguardentes aguardados, de tanto a água arder na água d'antes aguardada...  





  


   
  

  



  


  





  


- Jorge Pi

- Jortge Pi😊


Joaninha, Joaninha!

Joaninha, Joaninha... Você é engraçadinha! Caprichosamente linda! Seja sempre mui bem-vinda! Quem vestiu você, assim, que a deixou uma gracinha?! Foi, decerto, a Mãe-Natura, que há de vestir muito, ainda!       



                                                        
                                                                 - Jorge Pi





- 😊